cicaf

*

Você está aqui: HomeNotíciasGratidão: 50 anos da Província São Francisco de Assis
Publicado em Notícias
Postado por  Província São Francisco de Assis 12 Janeiro 2019
Gratidão: 50 anos da Província São Francisco de Assis

 

Louvai e bendizei a meu Senhor, e dai-lhe graças e servi-o com grande humildade.

                                               (São Francisco de Assis)

Dia 07 de Janeiro de 2019, na Casa “Paz e Bem”, Curitiba-PR nós, Irmãs da Província São Francisco de Assis, celebramos os 50 anos de vida-missão da província.

Num Primeiro momento, houve animação e acolhida com o mantra: “amanheceu é um novo dia, bendito seja Deus quanta alegria”! Neste clima de festa e ação de graças, Irmã Lurdes Fravretto acolheu o grupo, recordando o marco que deu origem à Província São Francisco de Assis no capitulo geral extraordinário realizado em 1968, no qual optou-se pela descentralização da congregação em Províncias. Pra começo de conversa, fez-se memória através de um documentário dos primeiros 25 anos de província.

A seguir, os núcleos e coordenadoria fizeram de forma criativa, dinâmica e celebrativa a partilha da vida-missão que aconteceu nestes 50 anos.

Curitiba foi o primeiro núcleo a se apresentar. Levou o grupo a uma visita às suas irmandades através da memória fotográfica das irmãs e dos locais por onde cada uma passou. Foi destaque a itinerância da sede provincial, iniciando por Herval d’Oeste-SC, passando por Joaçaba-SC, depois por Colombo-PR e atualmente em Curitiba. Para finalizar esse momento, todas foram convidadas a saborear um delicioso vinho e pinhão, típicos da região.

E o trem da história chegou até o núcleo de Cascavel, que fez uma exposição das fraternidades que compõe o núcleo, das irmãs que por lá passaram, dando ênfase à formação, acompanhamento às jovens vocacionadas e a contribuição também na formação dos seminaristas. E para encerrar essa apresentação fomos convidadas a uma vivência do perdão como exercício de fortalecimento da prática da espiritualidade franscisclariana.

Na tarde deste mesmo dia, o trem da festa estacionou na Coordenadoria todos os Santos com um musical. As irmãs foram abrindo as janelas da história, revivendo a beleza, o desafio de cada lugar por onde passaram, de Rodeio para o mundo. Nesse percurso algumas faleceram, muitas desistiram, outras foram enviadas à missão Angola e outras ainda continuaram seu trajeto na Bahia e ou Pará, Pernambuco e Recife.

Dando partida, mais um arranque, o trem foi até a capela para pegar as passageiras do núcleo de Lages, que de forma orante construiu uma colcha de retalhos, com os lugares e serviços prestados pelas irmãs nesse espaço missionário, se alegrando com a dedicação e carinho da Irmã Maria Bona que cortou os retalhos e revivendo a saudade das irmãs que já partiram para a casa do Pai.

Seguindo viagem o trem partiu para o núcleo Argentina e Chille que trouxe símbolos expressando a cultura desses países. Com a mesma dinâmica de reviver a saudade recordou-se as que desistiram, as irmandades que fecharam, ressaltando que o núcleo foi espaço de acolhida às junioras para experiência além fronteira.

A viagem teve seu desfecho no refeitório, com o núcleo de Joaçaba fazendo a memória da vida e missão daquelas irmandades através de uma celebração. O cenário foi preparado com artesanatos produzidos pelas irmãs idosas, e as fotografias com as diversas atividades realizada pelas mesmas. Para concluir, houve a partilha de brindes oferecidos pelas comunidades. Marcante foi a vivência desse dia tão profundo e rico de experiências missionárias das irmãs.

Frei Luiz Carlos Silva-capuchinho presidiu a Celebração Eucarística em ação de graças pelos 50 anos de vida e missão, afirmou que celebrar 50 anos é retomar a história da vida religiosa, uma vocação que tem como primeiro fundamento a vida fraterna, vida de oração e missão inspirada no Evangelho. A vida consagrada só existe quando tem comunhão com Cristo.

No final da missa, a coordenação provincial leu o Decreto de abertura do ano capitular, que tem como tema: “vida-missão, rever e reorganizar” e lema: “é isso que eu quero, é isso que eu procuro é isso que eu desejo de todo coração”.

Com o coração repleto de alegria e agradecidas pela vida e missão da Província São Francisco de Assis, encerrou-se a festividade. Louvado sejas meu Senhor por toda vida doada entre os Teus pequeninos.

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Irmãs Geisa dos Santos, Patrícia da Silva, Silvana Sampaio.

Comentários  

#1 Lucelene Maria de Vasconcelos 13-01-2019 14:58
Parabéns, Irmãs!
Precisa mesmo fazer memória e celebrar, pois, a Vida Religiosa Consagrada nunca foi fácil para ninguém e somente os fortes e tementes a Deus perseveram e deixam como legado para as futuras gerações, uma História alimentada pela profecia, ousadia e fé. Muitos Parabéns a cada irmã que dia a dia vai completando o Carisma da Educação e Catequese tendo em vista a Vida Plena para todos.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

 

Direção
Isabel do Rocio Kuss

Ana Cláudia de Carvalho Rocha

Marlene dos Santos

Arte: Lenita Gripa

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas
Rua Des. Nelson Nunes Guimarães, 346
 Bairro Atiradores - Joinville / SC – Brasil
Fone: (47) 3422 4865