cicaf

*

Você está aqui: HomeNotíciasEspiritualidade para a missão!
Publicado em Notícias
Postado por  Província São Francisco de Assis 17 Janeiro 2019
Espiritualidade para a missão!

Nos dias 08 a 11 de janeiro/2019 aconteceu o retiro com o tema “Espiritualidade para a Missão”, na Casa Paz e Bem, Curitiba-PR, assessorado por Irmã Tea Frigério, da Congregação das Irmãs de Maria Xaveriana. O pano de fundo foi Lm 4,1-5, destacando “Os pequeninos pedem pão” e o discurso missionário de Mt 9,35-10,34.

No decorrer dos quatro dias fomos alargando nossa reflexão a respeito do discurso missionário, num passeio entre a quarta lamentação e os passos da comunidade de São Mateus. E nos interrogamos: hoje, quem são e onde estão os pequeninos que pedem pão? Que pão eles pedem? “Onde os pés pisam, a mente pensa e o coração bate”.

A espiritualidade da comunidade Mateana era as Bem-aventuranças. Reconhecemos os passos da metodologia de Jesus, em que ele procurou viver e ensinar. Ele não autoriza os discípulos a ensinar uma doutrina, mas uma prática: praticar e observar tudo o que ele ensinou (Mt 28,20). E dá garantia de sua presença. Mateus iniciou seu evangelho com a expressão que Jesus é “o Deus conosco” e termina dizendo: “Estou com vocês todos os dias”. Não se trata do fim do mundo, mas até a consumação dos tempos. Não se trata de data com vencimento, mas da qualidade de sua presença.

Irmã Tea nos lembrou de uma missão em saída. Estar em saída é lançar uma ponte entre o nascente e o rio caudaloso onde nasce o nosso ser, desenvolve nosso crer e amadurece nosso evangelizar. Os discípulos e discípulas do primeiro século, para viver em seu mundo a “boa notícia” devia proclamar um evangelho diferente do evangelho do império: o evangelho do Reino, isto é, promover a justiça, a paz, a integridade da vida e da criação.

O Reino dos céus é confiado aos pequenos. A comunidade deve ser ensaio do Reino. A vivência nessa comunidade segue os critérios:

Os pequenos. Todo o agir de Jesus é a partir dos pequenos. O pequeno se torna orientação também do agir na comunidade.

Sonhar juntos, juntas. As novas relações devem ser sonhadas coletivamente. Sonhar juntas/os é a certeza de solução porque Jesus deu a certeza de estar junto fazendo acontecer.

Perdão. Nas novas relações é fundamental que haja o perdão. Para a comunidade estar unida precisa perdoar sempre.

Ao final do retiro chegamos a algumas conclusões para o projeto missionário da província que estamos buscando construir:

O que não podemos abrir mão: Reino de Deus; a palavra de Deus; opção pelos pobres formando redes; estar inseridas na realidade; discernimento com igualdade, na espiritualidade e para a unidade; escuta humanizada e humanizadora; acolhida; vivência do carisma francisclariano; alegria; mistagogia como presença da mística da Irmã Catequista Franciscana.

O que precisamos deixar: comodismo, individualismo, egoísmo, medo, consumismo, dominação, insegurança, competição, fofoca, resistências, discriminação, preconceitos...

E no dia 13, grande festa de ação de graças, na qual celebramos os jubileus de Vida Religiosa Consagrada das Irmãs: Silvana Sampaio Gomes – 25 anos; Lorena Slaviero e Maria Josefina Ferronato – 50 anos; Maria Tomelin e Maria Esther Giacomet – 60 anos. Louvamos e agradecemos a Deus por todas as bênçãos e graças recebidas ao logo dessa história de vida doada e fidelidade ao serviço do Reino de Deus.

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Irmãs Vitalina Trentin e Cleide Lazarin

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

 

Direção
Isabel do Rocio Kuss

Ana Cláudia de Carvalho Rocha

Marlene dos Santos

Arte: Lenita Gripa

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas
Rua Des. Nelson Nunes Guimarães, 346
 Bairro Atiradores - Joinville / SC – Brasil
Fone: (47) 3422 4865