images/cicaf.jpg
Imprimir esta página
Publicado em Notícias
Postado por  Província São Francisco de Assis 17 Abril 2019
Juntas no Processo Capitular

Num clima alegre e festivo, as irmãs que se auto inscreveram, representando as várias irmandades da Província São Francisco de Assis, encontraram-se na casa Paz e Bem, em Curitiba – PR, para a assembleia civil e formativa, que aconteceu nos dias 12 a 14 de abril.

O primeiro dia foi dedicado à Assembleia Civil, que teve a assessoria do Escritório Benincá. Iniciamos buscando luzes na Palavra de Deus, através do texto da multiplicação dos pães, onde Jesus projeta uma nova sociedade e o comércio é substituído pelo dom e a posse pela partilha. Na abertura, irmã Lurdes Favretto ressaltou que nos números que seriam apresentados está a participação de cada irmã na vivência do projeto comum.

Em sequência aos trabalhos, o senhor Jacó Benincá apresentou com demonstrativos gráficos toda a realidade contábil da província no exercício de 2018, bem como encaminhamentos e projetos a serem discutidos e aprovados para o exercício de 2019.

Acolhendo as surpresas de Deus e da vida, no dia 13 fomos chamadas a alterar a agenda prevista para celebrarmos a páscoa de irmã Graciema Parissotto. Estiveram presentes também seus familiares, que agradeceram expressivamente pela vida e presença de fé e alegria que irmã Graciema sempre foi na família, bem como pelos cuidados a ela prestados pela congregação. Louvamos a Deus por seu belo testemunho de vida-serviço oferecido à Congregação e ao mundo, vivido na simplicidade e comunhão fraterna.

Dia 14, com a assessoria de irmã Izaura Souza Cordeiro, tivemos uma manhã muito intensa. Trabalhamos, na prática, o método do discernimento comunitário, com dinâmicas que ajudaram o grupo a tomar uma consciência mais profunda e circular sobre os passos do processo metodológico que somos convidadas a vivenciar nesse tempo capitular. É “um movimento do eu para o nós, visando o maior bem do todo”, e propõe a prática do consenso nas decisões em relação à nossa vida-missão e na indicação de pessoas para os serviços de coordenação e animação provincial.

À tarde, as conversas e informações giraram em torno de questões práticas do processo capitular, com a agenda e cronograma das atividades. Amplo material nos foi entregue para estudos, avaliação e celebrações que acontecerão nas irmandades, núcleos e coordenadoria.

Concluímos com um momento orante, expressando o louvor a Deus pela partilha e ressonâncias positivas, na vivência destes dias de graça, no exercício da circularidade e compromisso no projeto comum como Irmã Catequista Franciscana.

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Irmãs Maria Perini e Paulina Felippi

Comentários  

#1 MARIA FACHINI 24-04-2019 14:48
Que el Espíritu sea el animador del proceso capitular y anime a cada hermana a ser protagonista en el. Un abrazo cariñoso

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar