cicaf

*

Você está aqui: HomeNotíciasTestemunho Missionário
Publicado em Notícias
Postado por  Prov. Sta Teresa do Menino Jesus 23 Outubro 2019
Testemunho Missionário

“A cada saída eu volto para minha casa

sempre mais abastecida de novas experiência de uma espiritualidade,

de fé tão viva e rica, num Deus que é tão presente”.

 

Toca sempre muito o meu coração a vivência de fé e compromisso nas questões comunitárias das comunidades, seja elas do Amazonas onde agora estou morando, quanto às do Mato Grosso, que tenho mais tempo de convivência e conhecimento. Apresentam uma vivência que é circular, que contagia a comunidades como toda.

Conheço região que enfrenta toda forma de dificuldade. Seja no campo econômico, estrutural como, por exemplo, na região que compõe o norte do estado do Mato Grosso. São estradas que dificultam o transporte e o acesso a escola, o escoamento de produtos da agricultura familiar. A falta de investimento na manutenção impede as comunidades chegarem até as feiras e vender seus produtos. Sem falar da falta de investimento na saúde que não responde às necessidades da população e outros inúmeros desafios.

Acompanhei no norte de Mato Grosso, um grupo de mulheres feirantes. São mulheres que a cada sábado estão nas vilas e pequenas cidades, expondo e vendendo seus produtos. Lá, elas convivem, trocam sementes, trocam experiências, se ajudam de todas as maneiras. Se alguma vez uma não pode  acompanhar o grupo, as demais levam a mercadoria dela e fazem a venda. Vivem uma verdadeira comunidade. Alimentam sua espiritualidade, tem seus momentos de oração.

Trabalhei muito com elas no fortalecimento da vivência espiritual própria da vida delas e acompanhei algumas vezes nas comunidades. São mulheres sofridas, que vivem em região afastada de tudo. Na comunidade, umas atuam na pastoral da criança, outras, na pastoral da saúde, outras ainda são parteiras. Em outras palavras, são as balizas que vão marcando os caminhos da comunidade. Na igreja, também são muito dinâmicas, atuantes. São ministras, são do grupo de oração, nas rezam do terço e atentas em tudo no que for necessário. Muitas são do grupo das Margaridas. Passam um ano economizando para não faltar ao encontro anual delas. 

É uma região em que todo o povo é pobre, sofrido, com dificuldades de toda ordem, mas muito feliz, alegre, generoso, piedoso, acolhedor, carinhoso e de muita fé. A cada visita, a cada contato, ou história contada que escutei, em cada gesto, eu tenho a plena certeza: “Elas não tem quase nada, mas tem tudo!” O espírito de comunidade, fraternidade, partilha, solidariedade é forte, marcante e encantador. Em cada momento vivido a certeza de que elas vivem o evangelho.

Com essas vivências tenho me tornando uma irmã mais simples, aprendi a viver e a conviver com o que me oferecem, deixar em casa todos os meus caprichos, os confortos e passar a viver como os/as  que me acolhem. Sinto que me faz bem e me transforma numa missionária. Tenho aprendido a viver no meio do povo, estar com eles, comer do que comem beber do que bebem viver em comunhão, partilhando do que oferecem e contribuindo no que for necessário, é o que tem moldado o meu modo de ser e de agir desde a minha juventude.

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Irmã Francisca Francis Pereira

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

 

Direção
Isabel do Rocio Kuss

Ana Cláudia de Carvalho Rocha

Marlene dos Santos

Rosali Ines Paloschi

Arte: Lenita Gripa

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas
Rua Des. Nelson Nunes Guimarães, 346
 Bairro Atiradores - Joinville / SC – Brasil
Fone: (47) 3422 4865