cicaf

*

Você está aqui: HomeNotíciasMissão Junto às Crianças e Adolescentes Empobrecidos
Publicado em Notícias
Postado por  Província Santa Clara de Assis 25 Outubro 2019
Missão Junto às Crianças e Adolescentes Empobrecidos

“Promover vida digna das crianças e adolescentes à luz do Evangelho,contribuindo para a transformação da sociedade”

Sou Irmã Marlene Mazzini e desde que cheguei ao Estado do Espírito Santo em 2007, trabalho com a Pastoral do Menor.  Inicialmente na Paróquia Santíssima Trindade em Marataízes, onde não existia esse serviço. Era preciso começar!

Juntamente com um grupo de pessoas fomos estudando e entendendo este novo jeito de se fazer pastoral com crianças e adolescentes. É o meu chão espaço!  Estive exercendo esta missão no magistério, por 35 anos em escola pública. Acolhi a proposta e amo continuar.

Muitos são os gritos vindos destes pequenos e suas famílias para terem seus direitos garantidos. Pouco a pouco se foi dando passos, organizando grupos nas comunidades eclesiais de base, onde a situação era mais gritante.

Pouco depois fui indicada para coordenar este serviço na Diocese de Cachoeira de Itapemirim. Ali conseguimos implantar a pastoral em 6 novas paróquias tendo sempre o Senhor nos apontando caminhos, escolhendo pessoas para somar e fortalecer este serviço social/eclesial.

Em 2011 fui indicada para participar da coordenação do Sub-regional MG e ES como vice-coordenadora, participando do Conselho Regional Leste 2, até o presente momento.

No Estado do Espírito Santo acompanhamos a pastoral nas quatro dioceses, visitando-as e organizando encontros de formação continuada. É uma experiência trabalhosa, mas muito rica, sentir cada diocese no seu caminhar conforme a realidade local.

Em 2015 fui transferida para Barcelona - Serra - Mudei de local, mas dei continuidade as ações do sub-regional e na Arquidiocese de Vitória-ES. Nova realidade onde a criminalidade é gritante. Jovens são mortos e tiram a vida de outro jovem. A violência, a drogadição são fortes. O tráfico e o consumo de drogas invadem  por vezes a família inteira.

Semanalmente participo do grupo de Assistência Religiosa nas Unidades Socioeducativas. Lá nos deparamos adolescentes privados de liberdade, pessoas lindas, inteligentes, capazes de superar o crime ou outro delito. Mas ao retornar junto à família nem sempre é bem acolhido como também nas escolas. Diante disso muitos voltam ao mundo da criminalidade.

A Campanha Nacional “Ninguém nasce infrator. Dê Oportunidade!”  é uma tentativa de sensibilizar a sociedade, especialmente empresários, para que acolham e empreguem esses jovens no término do cumprimento das medidas sócio educativas.

Faço serviço voluntário na Liberdade Assistida e Prestação de Serviço. Ali são atendidos os/as adolescentes encaminhados pelo juizado da infância e juventude. Alguns são encaminhados para a prestação de serviço nas entidades como escolas, igrejas e projetos sociais, outros são atendidos pelos técnicos: assistente social, pedagogos, psicólogos e educadores, além disso, participam de atividades de artesanato, jogos de mesa, música, futebol.  A família é visitada para obter informações sobre a realidade do/a adolescente atendido. E mensalmente acontece reunião com os pais e/ou responsáveis.

Sinto o rosto do Criador, transfigurado nas crianças e adolescentes, como também o Cristo mostrou um rosto novo, a  beleza e alegria  nestes meninos e meninas. Sempre na luta e com ousadia, para sermos junto com eles transfigurados com as famílias e comunidades.

Aqui na paróquia Sagrados Corações de Jesus e Maria – em  Barcelona, começamos a Pastoral do Menor numa das comunidades onde se destaca a pobreza, consumo e tráfico de drogas, alcoolismo, gravidez precoce, empobrecimento e violação dos direitos. Tendo em mente a frase de Dom Luciano – “Se você acender uma luz na vida de uma criança, essa criança será a luz da sua vida”, atendemos meninos e meninas no contra turno da escola com oficinas de capoeira, aprendizagem de instrumentos musicais – canto e artesanato. É grande a alegria e a satisfação de estar com essa garotada.  Aprende-se mais com eles do que nós ensinamos. Periodicamente fazemos visitas às famílias, como também organizamos encontros formativos e informativos com elas. Tudo é muito gratificante.

No momento estamos realizando formação inicial para novos agentes da Pastoral do Menor envolvendo seis novas paróquias na área Pastoral Serra/Fundão, com o objetivo de organizar grupos de base com crianças e adolescentes nas referidas paróquias. Se hoje estamos com saldo positivo é porque cada um, cada uma se coloca inteira nesta missão da defesa e proteção da vida de crianças e adolescentes em situação de risco social e familiar.

Muito tenho a agradecer a Deus por estar nesta área de missão, por este aprendizado. Iniciei engatinhando hoje me sinto com energia e entusiasmo de andar com passos firmes e ousado, junto ao poder público cobrando as políticas públicas.

O que me fortalece e energiza é a mística do Ser Irmã Catequista Franciscana somada com a mística da Pastoral do Menor. O Senhor vem me conduzindo pelos caminhos da Igreja em saída. O Evangelho vai perpassando as ações no meu dia a dia. Sinto-me envolvida pela causa que é essencial, a vida do ser humano vulnerável, indefeso. Todas as nossas ações convergem para que as pessoas por nós atendidas ou atingidas, possam conquistar seu espaço na sociedade, sendo protagonistas e sujeitos de sua própria vida.

Concluo dizendo que para Deus existe somente um caminho: garantir a vida e vida em abundância, às crianças e adolescentes, por meio de políticas públicas universalizadas, que permitam que elas se desenvolvam num contexto de possibilidades e oportunidades. Deus não quer ninguém na cadeia, privado de liberdade sobretudo crianças e adolescentes! Como dizia nosso fundador Dom Luciano Mendes de Almeida: crianças e adolescentes não são problema, sim solução”.

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Ir. Marlene Mazzini

Comentários  

#1 Marlene Chiudini 25-10-2019 10:48
Que linda sua missão! É uma forma concreta de resignificar nossa diaconia.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

 

Direção
Isabel do Rocio Kuss

Ana Cláudia de Carvalho Rocha

Marlene dos Santos

Rosali Ines Paloschi

Arte: Lenita Gripa

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas
Rua Des. Nelson Nunes Guimarães, 346
 Bairro Atiradores - Joinville / SC – Brasil
Fone: (47) 3422 4865