images/cicaf.jpg
Imprimir esta página
Publicado em Notícias
Postado por  Sede Geral - Ana Cláudia Rocha 11 Dezembro 2021
"O Chamado se Faz Caminho" no Sim de nossas Irmãs

Maravilhas fez conosco o Senhor, exultemos de alegria! Sl 125,3

No dia 05 de dezembro de 2021, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida, Bairro Areal, São Gabriel da Cachoeira /AM, seguindo as orientações sanitária com uso de máscara e álcool em gel, aconteceu a Celebração da Consagração Temporária da nossa noviça, Girlaine Almeida da Silva, indígena da etnia Dessana, um dos 23 povos dessa região do Rio Negro e a Consagração Definitiva de Mayara Arguello da Silva, filha de Rondonópolis / MT. O tema que motivou a Jovem Girlaine a dar mais um passo na caminhada formativa foi: “Enviada pelo Espírito para saciar a sede dos povos” (cf. Jo 4, 14) e a Irmã Mayara buscou como inspiração para seu “SIM” Definitivo: “A Divina Fonte da Vida nos inspira e impulsiona a viver a itinerância no mundo em movimento. E nos convoca a viver, ouvir, sentir e acolher os gemidos dos pobres, o grito da terra ferida, o clamor pela justiça e pela paz. (Cf. Ex 3, 7-8)”.

O cenário da celebração foi ornamentado num grande ajuri da comunidade, durante todo o dia de domingo, numa intensa convivência, partilhas e risos. A beleza da cultura local ficou impressa nos arranjos feitos com palhas tecidas, com bambus e flores naturais. Uma bonita expressão de riqueza do povo rionegrino e das relações de interculturalidade tecidas no cotidiano da missão.

A celebração eucarística foi presidida pelo Pároco, Padre Ivo Trevisol – Missionário do Sagrado Coração de Jesus e concelebrada por vários padres: Salesianos, Missionários do Sagrado Coração de Jesus e Redentoristas. Também estiveram presentes religiosas de diversas congregações que vivem e atuam em São Gabriel: Filhas de Maria Auxiliadora, Filhas da Divina Providência, Filhas de Nossa Senhora do Sagrado Coração. Da nossa Congregação, além da irmandade de São Gabriel: Maria Aparecida Marques Fernandes, Dalvani Sousa Andrade e Angélica Libório de Castro com as aspirantes: Edimara, Eliude, Caroline, Janiele, Josiele e Simone, participaram a irmã Isabel Pereira da Silva, Juciele Aguiar Moura, Francinete Galvão Noronha e irmã Ana Pereira de Macedo, nossa ministra geral.

No início da celebração as professandas foram introduzidas até o altar no ritmo da dança do kariçú, uma dança tradicional que faz parte das grandes celebrações festivas na região. Foi um momento bonito e profundo.

A acolhida da Palavra de Deus foi um momento intenso de comunhão ancestral, onde as cores, os sons, a diversidade na pintura corporal, danças e com o “rito de defumação com o sinkanta” (incenso local) preparou a assembleia para a escuta atenta da Palavra.

Somos agraciadas por termos jovens dispostas a dizer “SIM” ao projeto de Deus no seguimento a Jesus Cristo, como mulheres castas, obedientes e pobres, “irmãs do povo”.

Nossas irmãs neoprofessas Girlaine e Mayara partilham conosco o significado desse dia tão importante de suas vidas:

Irmã Girlaine:Celebrar a vida religiosa consagrada junto ao povo dando meu Sim, por amor a missão e a Jesus Cristo, é viver a presença de Cristo encarnado no meio do povo. A celebração foi um momento de revigoramento do caminho, que é um novo começo, é um caminho longo, porém gratificante, porque cada passo, cada gesto que vou dando junto com a Congregação, vou me sentindo cada vez mais familiarizada, sinto também que a Congregação, abre as portas à presença de tantos outros rostos lindos, esse é o bonito da Vida Religiosa Consagrada. Eu vivo a alegria de ser irmã catequista franciscana”.

Irmã Mayara: "Deus e seu dom de surpreender. A força que a celebração deu ao meu sim jamais poderá ser explicada; a gratidão por tanto empenho do nosso amado povo e irmãs, jamais poderá ser explicitada em palavras; a Ruah se encarregou de cada passo e detalhe e foi preenchendo todos os cantos e pessoas presentes. ‘Um ano não, queremos ficar sempre’! como irmã do povo sigo confiante pelo caminho das bem-aventuranças. A força ancestral através do kariçu nos alcançou e encorajou!” gratidão, gratidão e gratidão!”

A celebração foi concluída com o canto de envio, “Vai, vai, missionária do Senhor|! Vai trabalhar a messe com ardor”. Agradecemos a todas as irmãs, formandas, simpatizantes, familiares, amigas e amigos que estiveram em comunhão conosco através de orações, manifestações de comunhão. Agradecemos quem nos acompanhou pela transmissão da fanpage do facebook da Comunidade Sagrada Família, Área Missionária São Lucas em Manaus. Um agradecimento especial à irmandade da Casa de Formação de São Gabriel da Cachoeira, ao povo da paróquia Nossa Senhora Aparecida e aos padres do Sagrado Coração que articularam e prepararam tudo com muito carinho para a realização dessa bonita celebração no meio do povo.

Louvado seja o Senhor, pelo SIM das nossas irmãs Girlaine e Mayara!!

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Irmã Francinete Galvão Noronha