images/cicaf.jpg
Imprimir esta página
Publicado em Notícias
Postado por  Província Irmã Clégia Ânesi 22 Dezembro 2021
A ternura de Deus nos encontra

 

“Se o caminho é longo e a estrada desafia, vou apressando o passo pra ver chegar o dia.”

Com gratidão e muita alegria, a irmandade provincial Irmã Cléglia Ânesi esteve reunida para vivenciar a VI Assembleia Capitular, com o tema: “Animadoras da esperança, com confiança e alegria, no mundo em movimento e no processo de reorganização da congregação” e com o lema: “Não tenham medo” (Mt 28, 10a). Aconteceu nos dias 18 a 20 de dezembro de 2021, em Bacabal/MA, terra sagrada que acolheu as primeiras irmãs que neste Estado chegaram. Foram dias intensos de profundas reflexões e discernimento sobre nossa Vida-Missão.

Neste tempo propício de Advento, que nos convida a ESPERANÇAR, olhamos com especial atenção para a necessidade de ressignificar nossa presença, avançando com confiança e alegria na vivência do carisma no cotidiano. O processo de reorganização da congregação nos coloca a caminho! Vivemos um tempo de transição, o que pode gerar medos, incertezas, insegurança..., porém, temos a certeza de que não estamos sós! Caminhando juntas, de mãos dadas, somos mais fortes para ousar novos passos e fazermos a travessia, nos lançando no caminho a ser percorrido. Este é um caminho espiritual, feito numa dinâmica de conversão contínua.

Num momento intenso de escuta, partilhamos as alegrias, as dores, as feridas, as disposições de cada uma. E como esse momento foi significativo! Intensificou os laços de irmandade e nos colocou na dinâmica da busca em conjunto pelos cuidados necessários.

Por tudo rendemos graças a Deus Pai-Mãe, pois foi possível olhar para as margens e periferias e encontrar luzes, para que, como mulheres consagradas, possamos bem viver a Mística da Encarnação em nosso cotidiano, no seguimento d’Aquele que se faz carne e arma sua tenda entre nós.  

Ainda comovidas pela visita da irmã morte, que levou do nosso meio físico as irmãs Verônica Feger e Maria Esperança de Souza durante esse quadriênio, recordamos estas mulheres que partiram deixando seu legado de ternura, paciência e dedicação à missão. Em memória delas, rendemos graças a Deus por todo o tempo em que convivemos com elas e pedimos a elas sua intercessão juntamente com Irmã Cléglia Ânesi.

Eis que estou fazendo uma coisa nova! (Is 43,19). Sim, é neste novo que está nascendo, com os medos, as incertezas, as inseguranças, mas também com esperança e confiança, que foi dada à luz a nova Coordenação Provincial, que juntamente com cada irmã da PCA, irá percorrer este caminho no processo de reorganização. Contamos com o sim das “Marias” do nosso meio. São elas: Maria de Jesus Rodrigues, Maria das Graças Gomes e Maria Arli Souza Nojosa. Às nossas MARIAS, dizemos GRATIDÃO e pedimos que a Divina Ruah continue acedendo luzes para avançar sempre!

Foram três dias de escuta, reflexões, acolhida, alegria, animação e recordações. Com as decisões capitulares, renovamos nosso compromisso na vivência conjunta das Linhas Inspiradoras da congregação e no intensificar as opções congregacionais. Nesse espírito, celebramos, com emoção e profunda comunhão com as irmãs da Coordenadoria Irmã Álcida, o envio de irmã Ana Lúcia Corbani para a Missão África.

E todo este caminho foi possível graças à participação e contribuição de cada irmã na diversidade que somos. Agradecemos às irmãs Ana Macedo e Marlene dos Santos que, iluminadas pela Divina fonte da Vida e de forma integrada, nos assessoraram nesse processo. E, na companhia de Maria Madalena, vimos a ressurreição em nosso meio acontecer!

Como foi bom. Como foi maravilhoso! Seguimos juntas, pois "até agora, pouco ou nada fizemos".

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Irmãs Ana Maria Cerqueira dos Santos Sousa e Luana Oliveira de Souza