pg incial 2018

cicaf

*

Você está aqui: HomeNotíciasIrmã Cléglia Ânesi vive!
Publicado em Notícias
Postado por  Sede Geral - Marlene dos Santos 18 Setembro 2021
Irmã Cléglia Ânesi vive!

 

“Tudo por causa de um grande amor!”

Celebramos com alegria e gratidão o testemunho missionário de Cléglia Ânesi. A fidelidade ao Projeto de Deus a fez mudar os planos e assumir novos desafios! Bendita seja a sua disposição e coragem para partir para uma realidade nova, desconhecida e desafiadora. Bendita seas mujer.

Em tempos de reorganização da congregação, a memória do sim de irmã Cléglia Ânesi nos caminhos da missão acende luzes e nos anima a prosseguir “abertas à ação do Espírito Santo para ouvir, discernir e obedecer à vontade de Deus que se manifesta na sua Palavra, na irmandade, na vida do povo, nos sinais dos tempos, nos apelos da Igreja e no carisma da congregação” (CCGG 12).

Com o canto “Bendita seas mujer” de hermana Elsa Porcario, celebramos a memória de Cléglia e a entrega de todas as irmãs que continuam a presença missionária no meio do povo simples e pobre:

Bendita seas mujer que le ofreces a Dios la vida; bendita por ser del Padre, bendita por ser del pueblo, bendita por ser mujer y hacer nacer a Dios adentro.

Bendita seas mujer que desde Dios miras al pueblo; bendito sea tu canto, bendito tu caminar; benditos sean tus pies que pisan barro y que siguen yendo.

Mi pueblo te necesita viviendo como mi pueblo, mi gente te reconoce te quiere ver a vos con ellos. Que siga la puerta abierta, que siga el desprendimiento, que siga tu mesa pobre y el pobre sentado adentro.

Bendita sea tu pobreza de compartir angustia y sueños; bendito sea el no tener, bendito sea tu silencio, bendita que sin horarios, dejas que todos sigan viniendo.

Bendita seas mujer por dar la vida sin tener miedo, bendita sea tu sangre, bendito tu padecer, bendita sea tu presencia que siga viva en todo el pueblo.

Nossa gratidão às irmãs da Província Irmã Cléglia Ânesi, por continuarem a missão, sendo presença solidária e profética no meio do povo.

Que siga la puerta abierta, que siga el desprendimiento, que siga tu mesa pobre y el pobre sentado adentro”.

Que Irmã Cléglia continue intercedendo pela província neste tempo capitular e por toda a congregação nos caminhos da reorganização.

“Mi pueblo te necesita viviendo como mi pueblo, mi gente te reconoce te quiere ver a vos con ellos”.

Com é bom revisitar a história, fazer memória agradecida do caminho percorrido, celebrar a vida que aconteceu, vibrando com os passos dados em nossa vida-missão. Em nossa história, encontramos mulheres simples, corajosas e ousadas, dispostas a percorrer caminhos novos e doar a vida pelo povo. Irmã Cléglia é uma delas. Bendita irmã, aberta às necessidades, amorosa missionária! Ao celebrar 55 anos da sua páscoa, somos convidadas a fazer memória de suas atitudes, palavras e ações e compartilhar lampejos do brilho de sua luz, como irmã catequista franciscana.

“Bendita sea tu presencia que siga viva en todo el pueblo!”

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Irmã Ana Pereira de Macedo - pela coordenação geral

Comentários  

#3 Maria Fachini 19-09-2021 23:52
Cléglia Ânesi inspirou nossa juventude. Eu era postulante quando ela foi enviada ao Maranhão. Irmã Lurdes Gascho, "segunda mestra", a quem queríamos muito, foi enviada para lá quando Cléglia morreu. As duas já cumpriram sua missão aqui na terra. As duas são referência para muitas de minha geração. Referência na missão, na amabilidade e alegria, na maneira de entregar-se ao que abraçavam como missão. Las extrañamos hermanas. Rueguem por nosotras
#2 Maria Rosália Ignacio 18-09-2021 15:41
Aqui, na minha terra, tem parentes. Estes parentes construíram uma capelinha no cemitério. Pegaram uma foto de Irmã Cléglia e deixaram exposta na parede. A capelinha fica próxima da rua. Cada vez que passo por lá faço uma paradinha e uma prece. Lembro muito dela. No juvenato em Rodeio, ela estava, ensinando, sempre sorrindo, querida demais!
#1 Marilde Zonta 18-09-2021 14:29
Celebrar a vida missionária de mulheres corajosas, como Irmã Cléglia, é celebrar a certeza do chamado, do envio e a concretização das palavras do Senhor da Vida: "Sei em quem ponho a minha confiança". Com sua vida, Cléglia nos indica alguns caminhos para o hoje marcado de inseguranças, incertezas. Mas, muito mais a confirmação para muitas que estão trilhando os mesmos caminhos, ouvindo os clamores do Mestre naquelas pessoas sofridas e marginalizadas. Parabéns às Irmãs da Província Cléglia Ânesi

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

 

Direção
Isabel do Rocio Kuss

Ana Cláudia de Carvalho Rocha

Marlene dos Santos

Rosali Ines Paloschi

Arte: Lenita Gripa

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas
Rua Des. Nelson Nunes Guimarães, 346
 Bairro Atiradores - Joinville / SC – Brasil
Fone: (47) 3422 4865